SINOP, MT 14 de julho de 2020

Divulgado plano para eventos pré-olímpicos

Testes servirão para avaliar instalações e logística; até maio de 2016, 44 competições esportivas vão reunir mais de 7.800 atletas na cidade

Divulgado plano para eventos pré-olímpicos
20/07 2015 09:23 Fonte: Portal Brasil Imprimir

O Rio de Janeiro já começa a viver o clima do megaevento esportivo dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. Até maio do próximo ano, a cidade recebe 44 eventos para testar as operações necessárias para receber milhares de atletas, autoridades, jornalistas e visitantes. De julho de 2015 a maio de 2016, 44 competições esportivas – sendo 34 Olímpicas, seis Paralímpicas e quatro mistas – vão reunir mais de 7.800 atletas na cidade. Na quinta-feira (16), a prefeitura do Rio de Janeiro apresentou o planejamento operacional para os testes de triatlo, paratriatlo e hipismo, que ocorrem no início de agosto.

Ao longo de 156 dias de evento, o Comitê Rio 2016 terá a oportunidade de realizar testes na área de competição e no sistema de resultados, além de integrar os organizadores e treinar as equipes que trabalharão nas instalações durante os Jogos. Mais de 16 mil voluntários participarão da operação.

Alguns eventos serão organizados pelo Comitê Rio 2016, utilizando a marca Aquece Rio, enquanto outros serão de responsabilidade das federações Internacionais e das confederações brasileiras dos esportes. Nestes casos, o Comitê Organizador realizará testes em operações específicas.

Os eventos-teste de alguns esportes - como ginástica e triatlo - serão classificatórios para os Jogos Rio 2016. Em outros casos, como do badminton, tiro esportivo e atletismo, os atletas terão a oportunidade de somar pontos ou atingir marcas que os deixarão mais próximos da primeira edição dos Jogos da América do Sul.

Triatlo

Copacabana será o palco do evento-teste de triatlo. No dia 1º de agosto (sábado), será realizado o Mundial de Paratriatlo, que conta pontos para o ranking classificatório para os Jogos Rio 2016 e reúne 60 atletas de 15 países. No domingo, dia 2, ocorre a seletiva de triatlo olímpico, com 125 atletas de 25 países. Os três primeiros das disputas masculina e feminina garantem vaga nos Jogos de 2016. Já o evento-teste de hipismo será no Complexo Esportivo de Deodoro, entre os dias 6 e 9, com a presença de 30 competidores.

Para esses dois eventos-teste, o município vai mobilizar cerca de 2.500 agentes e 464 veículos (entre caminhões, reboques, carros-pipa, viaturas e roçadeiras) de oito órgãos, concentrados nas regiões de competição. Além disso, 21 painéis de mensagens variáveis estarão em diferentes pontos da cidade informando aos moradores as principais alterações no tráfego.

Os trabalhos começam no dia 28 de julho, em Copacabana, com a interdição da faixa da Avenida Atlântica junto à praia para a construção do deque de transição do evento.  A operação termina no dia 9, com a liberação das últimas vias bloqueadas em Deodoro.

Durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, caberá à Prefeitura do Rio a organização dos perímetros externos imediatos (Last Mile) e de toda a operação da cidade, gerenciando a mobilidade de moradores e visitantes com as restrições viárias, a logística de serviços específicos e a operação das áreas de convivência e entretenimento. O planejamento começou a ser elaborado há um ano, usando a experiência adquirida em eventos como os Jogos Mundiais Militares, Rio +20, Copa das Confederações, Jornada Mundial da Juventude e Copa do Mundo.