SINOP, MT 24 de maio de 2018

Prefeitura entrega uniformes para 120 crianças do programa AABB Comunidade

Prefeitura entrega uniformes para 120 crianças do programa AABB Comunidade

Prefeitura entrega uniformes para 120 crianças do programa AABB Comunidade
21/04 2018 22:57 Fonte: Kleverson Souza Fonte: Assessoria da Prefeitura Imprimir

A prefeita de Sinop, Rosana Martinelli (PR), entregou na noite desta sexta-feira (20), 120 uniformes para crianças de 6 a 14 anos que participam do programa AABB Comunidade, que é desenvolvido em parceria entre a Prefeitura de Sinop, o Banco do Brasil, a Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), e a Fundação Banco do Brasil. 

O kit entregue contém camiseta, bermuda, toalha de banho, sunga ou maiô, óculos de natação, mochila, tênis para prática esportiva, chinelo de dedo, meias, shampoo, condicionador, filtro solar e materiais de higiene. 

O programa atua inserindo crianças em condição de vulnerabilidade social nas atividades esportivas, pedagógicas, culturais e de cidadania nos contra-turnos escolares. O espaço utilizado para o programa é a AABB. Neste ano, o projeto completa 16 anos em Sinop e a novidade foi o aumento de um dia no projeto, agora é realizado de segunda a quinta-feira, durante 4 horas no período matutino e 4 no vespertino.

De acordo com a prefeita Rosana, o programa deve ser ampliado nos próximos anos. "Temos o compromisso de ampliar esse programa que está dando muito certo em Sinop, porque os pais tem a segurança que enquanto estão trabalhando, os seus filhos estão bem cuidados. Como mãe e mulher, sei a importância desses projetos que atendem no contra-turno escolar", afirmou. 

A partir deste ano, a Prefeitura designou que a Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação conduza os trabalhos do programa AABB Comunidade. Com isso, é feita uma triagem pela secretaria e para poder participar do projeto, as famílias precisam estar inscritas no cadastro único. Os atendimentos de saúde para as criancas do programa também estão sendo intensificadas. 

"É uma grande alegria para nós esse projeto que está agora na pasta da Assistência Social, estamos acompanhando essas crianças que já eram acompanhadas pelos CRAS e são tiradas do Cadastro Único. Cada criança e jovem atendidos aqui ficam mais saudáveis, menos doentes e se envolvem menos com pequenos delitos. Estamos tirando nossas crianças da marginalidade e daqui, elas já vão para o Menor Aprendiz e depois Jovem Aprendiz, trilhando o caminho certo", comemorou a secretária de Assistência Social, Trabalho e Habitação, Josi Palmasola.

Sandra Soares Borges têm dois filhos atendidos no projeto e já percebeu diferença no comportamento dos filhos. "Mudou bastante para melhor, um dos meus filhos tinha dificuldade na escola e de comunicar com outras crianças e aqui tem possibilidade de se distrair e aprender coisas boas e por isso ele já está muito diferente. Nossas crianças precisam de um lugar assim e eles ficam muitos felizes. Quando consegui a vaga para eles no projeto, nós comemoramos muito porque ajuda na formação da criança".