SINOP, MT 25 de novembro de 2017

Durante protesto, Câmara defende 'acampamento' em Cuiabá para cobrar Saúde

Durante protesto, Câmara defende 'acampamento' em Cuiabá para cobrar Saúde

Durante protesto, Câmara defende 'acampamento' em Cuiabá para cobrar Saúde
10/11 2017 19:15 Fonte: Câmara Municipal de Sinop Imprimir

Reunir o máximo de pessoas possível e ir até Cuiabá cobrar o governador Pedro Taques (PSDB) é a sugestão do presidente da Câmara Municipal de Sinop, Ademir Bortoli (PMDB), para tentar resolver o problema de atraso, redução e negativa do pagamento de repasses do governo estadual aos Hospitais Regionais de todo Mato Grosso.

A sugestão, já exposta em outras oportunidades, foi reforçada na terça-feira (07), durante o protesto realizado em frente ao Hospital Regional em Sinop.

“Temos que nos unir e acampar em frente ao palácio do governador até que ele se sensibilize e veja que está tratando com vidas e que o risco é muito grande”, alertou Bortoli.

Para a sexta-feira (10), a Associação Mato-grossense dos Municípios prepara uma reunião com mais de cem prefeitos em Cuiabá para discutir a falta de repasses, não só da Saúde, para os municípios. De acordo com a prefeita Rosana Martinelli, há, inclusive, a possibilidade de se pedir o impeachment de Taques. 

A manifestação teve apoio da Câmara Municipal de Sinop e contou com a participação de todos os vereadores. Também estiveram presentes lideranças políticas de várias cidades da região norte de Mato Grosso.