SINOP, MT 17 de outubro de 2017

Mato Grosso terá orçamento de R$ 18,429 bilhões em 2017, prevê LOA

Saúde, Educação e Segurança Pública tiveram crescimento de até 11%. Poder Executivo teve receita e despesa fixada em R$ 15,6 bilhões.

Mato Grosso terá orçamento de R$ 18,429 bilhões em 2017, prevê LOA
22/12 2016 15:36 Fonte: Do G1 Imprimir

Mato Grosso deverá ter um orçamento, entre receitas e despesas, de R$ 18,429 bilhões no ano de 2017. O valor consta da Lei Orçamentária Anual (LOA), debatida nesta terça-feira (20) na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). A quantia é R$ 1,876 bilhões a mais do que o ano anterior. Em 2016 o estado trabalhou com orçamento fixado em R$ 16,553 bilhões. Em 2015, o orçamento foi fixado em R$ 13,6 bilhões.

Na terça-feira, a ALMT aprovou em segunda votação o Projeto de Lei referente à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 2017. A LOA ainda terá que ser votada e aprovada pela ALMT.

Para a Saúde, o projeto de Lei prevê investimento de R$ 1,585 bilhão – valor 8,36% maior que o de 2016. Já para a Educação, a proposta é um orçamento de R$ 2,668 bilhões, cifra 9,80% maior que a do ano anterior; seguida da Segurança Pública com 11,90% de acréscimo, um total de R$ 2,144 bilhões.

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer tem proposta de orçamento de R$ 2,697 bilhões, enquanto que a Secretaria de Estado de Gestão teve previsão de R$ 3,042 bilhões.

A LOA, sobre a divisão do orçamento entre os poderes, fixou receitas e despesas de R$ 15,6 bilhões para o Poder Executivo, R$ 821,444 milhões para o Poder Legislativo e R$ 1,446 bilhão para o Poder Judiciário. O Ministério Público deverá trabalhar com R$ 454,140 milhões e a Defensoria Pública com orçamento de R$ 102,983 milhões.

Em 2016, ainda na divisão do orçamento entre os poderes, a LOA fixou receitas e despesas de R$ 13,7 bilhões para o Poder Executivo, R$ 817,7 milhões para o Poder Legislativo e R$ 1,3 bilhão para o Poder Judiciário. O Ministério Público recebeu R$ 453 milhões e a Defensoria Pública com orçamento de R$ 123 milhões.