SINOP, MT 16 de agosto de 2017

Escolas estaduais de MT devem ter dois calendários em 2017, diz Seduc

Em instituições que não tiveram greve aulas começam em fevereiro. Nas escolas que aderiram à paralisação, ano letivo inicia em março de 2017.

Escolas estaduais de MT devem ter dois calendários em 2017, diz Seduc
15/11 2016 13:35 Fonte: Do G1 Imprimir

As escolas estaduais de Mato Grosso devem seguir dois calendários diferentes, segundo a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) por causa da greve dos professores que entre junho e agosto deste ano. De acordo com a pasta, nas escolas que não aderiram à paralisação, as aulas para o ano letivo de 2017 começa no dia 12 de fevereiro e o calendário segue normalmente.

Já nas escolas que tiveram greve, o início do ano letivo deve ser no dia 13 de março e os alunos devem ter aulas 15 aulas aos sábados. Segundo a Seduc, a reposição é necessária para regularizar o calendário entre todas as escolas.

“Não haverá nenhuma diferença nas férias de junho e do final de ano sendo utilizados esses sábados letivos em 2017. Principalmente os alunos do 3º ano que precisam apresentar documentos na faculdade. Seguindo esse calendário, o ano letivo de 2018 não vai ter nenhuma alteração”, afirmou o secretário adjunto de Políticas Educacionais , Edinaldo Gomes de Souza.

Neste fim de ano, também por causa da greve, o cronograma das aulas foi alterado. Nas escolas que aderiam a greve, os alunos devem fazer um recesso até o dia 10 de janeiro do ano que vem e seguem estudando até o final do mês, quando o ano letivo de 2016 deve ser concluído.